LARANJA – Estado ALERTA Especial

Home / Noticias / LARANJA – Estado ALERTA Especial

CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS ADVERSAS – Precipitação, vento e agitação marítima.

AGRAVAMENTO: espectável a partir das 03H00

LARANJA De dia 10 de março às 18H00 até ao dia 11 de março às 21H00

AMARELO De dia 11 de março às 21H01 até ao dia 12 de março às 12H00

 

 

 

EFEITOS EXPECTÁVEIS:
Em função das condições meteorológicas presentes e previstas é expectável:

– Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;

– Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;

– Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;

– Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;

– Danos em estruturas montadas ou suspensas;

– Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;

– Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;

– Possíveis acidentes na orla costeira;

– Fenómenos geomorfológicos pontuais, causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

MEDIDAS DE AUTO PROTEÇÃO:
A ANPC recomenda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção, nomeadamente:

– Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

– Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias;

– Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

– Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

– Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atenta para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;

– Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais;

– Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;

– Retirar das zonas confinantes, normalmente inundáveis, equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e outros bens;

– Colocar os animais em locais seguros, retirando os rebanhos que se encontram nas zonas que serão provavelmente inundáveis;

– Manter-se informado através dos Órgãos de Comunicação Social ou dos Agentes de Proteção Civil, desenvolvendo as ações necessárias para a sua proteção, da família e bens.

Fonte: ANPC_CDOS VISEU – CTO 06/2018 após este período regresso ao EAE Amarelo como anteriormente divulgado.

IPMA – Previsões

ANPC – Situação Operacional

Informação de Relevo que pretenda notificar/informar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *